08/10/2019 09:09
San Gimignano

Patrimônio da UNESCO, San Gimignano, é um dos vilarejos medievais mais característicos e encantadores da Toscana. É uma pequena cidade que permaneceu quase intacta desde o fim do século XIV até hoje, como consta claramente nas pinturas da época (por exemplo, a tela de Taddeo Bartolo, no Museu Cívico da cidade).

San Gimignano é um dos lugares mais visitados da Toscana, e não apenas por turistas estrangeiros ou de outras regiões, mas pelos próprios toscanos também, que aproveitam o tempo de folga para passar um dia agradável, passeando ao ar livre.

Uma cidade cuja extensão é de poucos quilômetros quadrados, e cujos habitantes não passam de 7.000, é digna de competir até com um monumento de prestígio como a Torre de Pisa. O mérito é, por exemplo, das galerias, que expõem a arte contemporânea e moderna, dos museus, que ficam sempre abertos, do teatro, que oferece apresentações musicais no verão. Além da temporada de inverno com várias organizações culturais, da biblioteca, que abriga mais de 100.000 obras, dos corais, das escolas de dança, das bandas e escolas de música.

Em outras palavras, a cultura tem um papel predominante. Portanto, não é por acaso que San Gimignano tenha sido eleita pela Universidade de Siena como sede para os cursos de mestrado, e todos os anos recebe um grande número de exposições de arte contemporânea. 

PONTOS TURÍSTICOS:

Piazza della Cisterna

Situada bem no centro da cidade, essa praça é uma das que não pode ficar de fora do seu roteiro, afinal, além de linda, é um verdadeiro reduto de coisas históricas da região. A Piazza della Cisterna é considerada uma espécie de ponto de encontro de moradores e turistas de San Gimignano, fazendo com que a troca de culturas se estabeleça com bastante intensidade no local.

Igreja Colegiada de San Gimignano

Outro ponto turístico que não pode ficar de fora da sua programação em San Gimignano é a igreja Colegiada. Situada na Piazza del Duomo, no coração da cidade, ela é famosa pelos ricos afresco de seu interior, que cobrem praticamente todas as paredes. Além disso, os turistas costumam se impressionar com as obras das histórias do Velho e Novo Testamento, que, datam dos séculos XIV e XV e, incrivelmente, nunca foram retocadas.

Palazzo Pubblico e Torre Grossa

O Palazzo Pubblico e a Torre Grossa, ambos formam uma só construção situada bem na região do centro histórico. O Palazzo Pubblico é a sede da Prefeitura da cidade e abriga o Museu Cívico, que guarda muitas obras de artistas locais e da Toscana. Já a Torre Grossa, proporciona uma bela vista da cidade aos visitantes dispostos a subir seus, aproximadamente, mil degraus até o topo. 

Museo Casa Torre Campatelli

No Museo Casa Torre Campatelli você terá a oportunidade de ver a única casa-torre, uma construção típica do século XII e XIII, aberta para o público. Visitá-la é uma oportunidade de conhecer internamente uma tradicional casa burguesa do fim de 1800. Além disso, você também poderá assistir um vídeo documental, que traça a história da construção, da cidade e da Toscana no geral. 

Igreja de Santo Agostinho

Apesar de ter uma estrutura simples em seu exterior e não ser muito visitada pelos turistas, a Igreja de Santo Agostinho merece, com certeza, a sua atenção. Seu altar impressiona os turistas, pois é decorado com uma tela de Piero del Pollaiuolo de 1483, representando a coroação de Maria, com santos e anjos músicos. Além disso, seu interior também conta com uma série de afrescos de Benozzo Gozolli sobre a vida de Santo Agostinho. Esse é o passeio ideal para os amantes de arte.

Fontes:

https://dicasdaitalia.com.br

https://www.viajandoparaitalia.com.br


Deixe também seu Comentário:

Nome Completo:*
E-Mail:*
Título:*
Mensagem:*

Código de Verificação:
Digite abaixo o código ou clique no
ícone para gerar um novo código

Status do Código Digitado:
 

Enviar     Limpar