05/11/2019 05:26
Dolomitas

As Dolomitas são uma cordilheira nos Alpes orientais, e fazem parte dos cinquenta sites italianos que estão incluídos na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. A área a que foi dado o reconhecimento abrange 141.903 hectares de território de três regiões de Trentino Alto Adige, Veneto e Friuli Venezia Giulia e cinco províncias de Trento, Bolzano, Belluno, Udine e Pordenone e inclui dezoito picos que se elevam acima de 3.000 metros.

Estas montanhas são uma atração irresistível para qualquer um que ama a natureza e as alturas. Ao longo do tempo, muitas palavras têm sido usadas para descrever estas montanhas, mas uma coisa é certa, as Dolomitas são um paraíso, um show de diferentes ambientes com rochas, florestas e pastagens.

Trento é uma das principais cidades da região aos pés das Dolomitas. O destino é um daqueles lugares cheios de surpresas, dentre elas o Castello del Buonconsiglio, que nasceu como uma fortaleza defensiva no século XIII, e o MUSE [Museu da Ciência], um marco da arquitetura italiana contemporânea.

Bolzano é considerado a 'porta das Dolomitas' e por isso é parada obrigatória para quem está na região. Uma das facilidades do destino é que ele abriga todas as facilidades de um centro urbano, com lojas, restaurantes e hotéis, mas sem perder o charme de cidade da montanha. A região onde se situa o local já pertenceu à Àustria, por isso, o turista encontra detalhes que lembram o país – desde as construções até sua cultura e idioma.

As Dolomitas foram assim nomeadas após o geólogo francês, Dieudonné Dolomieu, descobrir as propriedades de dolomita, uma região rica em calcário dolomítico, nesta cordilheira, que dá às montanhas uma determinada cor, o branco, que é por isso que elas também são chamadas “montanhas pálidas”, mas especialmente ao amanhecer e ao pôr do sol, estas rochas assumem uma cor que varia do rosa ao vermelho fogo, um fenômeno lindo de se ver.

Pela grande beleza da paisagem, a grande extensão das florestas e variedade de trilhas para fazer belas caminhadas, assim como opções de escaladas de montanhas, as Dolomitas são uma região de grande atração; o movimento turístico, que é o principal recurso econômico dos habitantes, é favorecido por uma excelente rede de estradas e instalações de alojamento eficientes. Canazei, Ortisei, Selva di Val Gardena, Corvara, Dobbiaco, San Candido, Cortina d’Ampezzo, San Martino di Castrozza, no Brenta, Madonna di Campiglio são resorts de saúde, estâncias de férias e de esportes de inverno entre as mais visitadas da Europa.

Cortina D'ampezzo faz parte do roteiro badalado das Dolomitas e é a principal escolha de hospedagem para quem quer curtir a região em grande estilo. Só a paisagem incrível, cercada pelos picos rochosos, já seria motivo suficiente para conhecer o destino. Porém, além disso, o local ainda conta com um centro histórico, diferentes resorts cinco estrelas e restaurantes badalados. Não é para menos que a cidade é considerada o lugar mais VIP dos alpes italianos.

Um dos passeios bate-volta que vale a pena fazer na região é a visita ao Lago Misurina. A paisagem por si só já é motivo suficiente para a visita, mas, para os aventureiros, é possível fazer trilhas, praticar esportes aquáticos (durante o verão) ou até mesmo patinar no lago (durante o inverno). Ao redor, encontram-se alguns hotéis de luxo.

Val di Funes é uma pequena região pertencente a Bozano e é até difícil dizer qual dos lugares é mais charmoso e bonito. Trata-se de um vale que fica em meio às Dolomitas e pode ser definido como um pedacinho da Itália que tem muito mais cara de Suíça ou de Áustria, tanto em relação ao cenário quanto à cultura local. É lá que está o Vilarejo de Santa Maddalena, formado por casinhas coloridas e com arquitetura tipicamente germânica.

Belluno, considerada uma das cidades Italianas com melhor qualidade de vida, é também um dos lugares mais buscados pelos turistas que querem curtir um tradicional 'vilarejo' nas montanhas. Conhecida como “a Pequena Veneza das Montanhas”, o destino é formado por construções imponentes, palácios elegantes e detalhes que lembram a arquitetura veneziana.

Madonna Di Campiglio é o lugar certo para ir durante o inverno, já que abriga as melhores e mais badaladas estações de esqui das Dolomitas. São muitas opções de pistas dos mais diferentes níveis, mas também é possível curtir toda a comodidade de um resort em meio às montanhas nevadas. Para deixar tudo ainda melhor, restaurantes charmosos e a paisagem incrível completam a experiência.

Fonte: viajandoparaitalia.com.br


Deixe também seu Comentário:

Nome Completo:*
E-Mail:*
Título:*
Mensagem:*

Código de Verificação:
Digite abaixo o código ou clique no
ícone para gerar um novo código

Status do Código Digitado:
 

Enviar     Limpar